Conceito Maker

O projeto que prepara alunos para os desafios da empregabilidade.

O conceito foi trazido para a escola após visitas a instituições de ensino na Finlândia, Cingapura e Vale do Silício. O objetivo foi desenvolver nos alunos uma visão interdisciplinar em um espaço tecnológico e inovador. Aprender a conhecer, fazer, conviver e ser são os pilares da educação que trazem o significado ao aprendizado e valorizam a prática e a experimentação.

O Conceito Maker é composto de três pilares:

  • o “hands on“, ou “mão na massa”, em que os alunos usam recursos como a impressora 3D, corte a laser e materiais de oficina para criar projetos;
  • a integração entre várias áreas do conhecimento como artes, matemática, física e design;
  • e o estímulo ao trabalho colaborativo, iniciativa, vontade de experimentar, criar e fracassar e, dentro desse processo, desenvolver a capacidade de resiliência.

As aulas são organizadas dentro da sequência curricular do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

MAKER

• Domina tecnologias;
• É curioso;
• Se diverte explorando novas criações;
• Compartilha sua produção

DESIGNER

• Prioriza as necessidades do usuário;
• Equilibra função e estética;
• Propõe soluções criativas;
• Analisa sistematicamente o problema.

EMPREENDEDOR

• Sabe onde quer chegar;
• Articula recursos;
• Testa e melhora de forma ágil;
• Enxerga oportunidades viáveis.

Menu